Rua 2, Nº 5, Setor Centro Sul, Morada do Ouro - Cuiabá/MT

Fale Conosco

(65) 3631-3850

Horário Funcionamento

Seg-Sex: 08h - 17h

Sem concurso, servidores do Detran paralisam as atividades por 24h e podem entrar em greve em março

Como até o momento o governo ainda não apresentou nenhum cronograma para a retomada do concurso público para preenchimento de cargos efetivos do Detran-MT, os servidores do Detran-MT vão paralisar as atividades por 24 horas, na próxima terça-feira(10), e entrar em greve por tempo indeterminado, a partir do dia 2 de março, caso o governo não apresente uma proposta de retomada do andamento do concurso público.

 

“O Sinetran-MT está aberto a negociar e caso o governo lance o edital para o concurso ou defina uma data para a realização, o indicativo de greve será descartado”, informa Daiane Renner, a presidente do Sindicato dos Servidores do Detran-MT(Sinetran-MT).

 

O concurso foi acordado entre a categoria e o governo anterior em 2013 e todos os requisitos para que o edital fosse publicado foram cumpridos pela Comissão, composta por representantes da Secretaria de Administração(SAD), do Detran e do Sinetran.

 

“Não podemos mais esperar sem nenhuma segurança, nem expectativa, nem abrir mão de uma conquista da categoria”, explica Daiane. A assembléia teve participação dos servidores da sede do Detran, das agências Vips e das Ciretrans de vários municípios do Estado, visto que o sucateamento e a precariedade no número de servidores acontece em todo o Mato Grosso.

 

“Não tem mais como trabalhar em condições precárias, com tamanha sobrecarga de trabalho. A própria população está sendo penalizada”, completa a presidente do Sinetran-MT.